Onde você está?

Onde você está?

Onde você está? 900 675 Ouro Moderno

Por: Steve Roa – Gerente de Expansão da Ouro Moderno.

Estamos em 2019 e, por incrível que pareça, ainda vejo escolas utilizando um canal que, de certa forma, foi muito eficiente e eficaz há alguns anos atrás: o Offline. Antigamente, o canal offline era muito valorizado, pois tínhamos as emissoras de rádio e TV. Elas eram um canhão, um anúncio nesses veículos era garantia de que haveria uma maior visibilidade para a empresa em questão. O que pouco se sabia era o tempo mínimo de exposição de uma marca nessas mídias. Então, iniciava-se uma verdadeira batalha! Nem todas as empresas tinham condições de fazer seus anúncios em um canhão relativamente de custo elevado, e o pior, os números não eram garantidos, até porque nessa época não existiam ferramentas de medição de resultados.

As empresas que não tinham um aporte financeiro como as grandes investiam em cartões de visita, revistas do bairro, panfletos com promoções, a velha e boa distribuição de anúncios depositados nas caixas dos correios ou entregas nos semáforos àqueles parados no sinal vermelho. Além disso, ainda tínhamos os anúncios feitos em Outdoors, que já eram mais caros, porém não deixavam de ser uma maneira de expor a marca para muitas pessoas que passavam em frente ao local.

Em outros segmentos, se ainda me recordo, os supermercados não trabalhavam com sacolas plásticas, mas sim de papel, então, para diminuir o custo, era oferecido o espaço nas sacolas de papel para que um empresário expusesse sua marca. E assim, o mundo rodou por muitos anos. Se ainda quisermos voltar um pouco mais no tempo, veremos que recebíamos em nossas casas um guia amarelo, ou páginas amarelas, era comum vermos essas guias no chão segurando a porta para não bater, mas também não podemos ignorar o fato de que elas foram muitos anos um grande catálogo utilizado por todas as pessoas! Lembro de que sempre que precisávamos buscar um endereço recorríamos aos guias, pois tudo constava ali!

Nos últimos anos, posso dizer de uns dez anos para cá aproximadamente, as páginas amarelas perderam a força logo que a internet se firmou no Brasil. E com a sua evolução em nosso país, muitos meios de comunicação ficaram para trás. Vejam os correios, hoje em dia, enviar uma carta tornou-se raridade, uma vez que temos o e-mail que, em questão de segundos, atravessa o atlântico para entregar a mesma correspondência que antes demoraria dez dias para chegar ao local de destino. O fato é que não podíamos imaginar o avanço que a tecnologia nos traria em apenas uma década!

Nesses dez anos, aprendemos a criar uma conta de e-mail, a nos comunicar diferente de antigamente e de forma mais prática e objetiva. Aparelhos como fax, telex, entre outros, simplesmente entraram em extinção! Hoje a tecnologia chegou ao alcance de todos, evoluímos como seres, vimos coisas que jamais imaginamos que poderiam acontecer. O mundo avançou, nós mudamos, as crianças nascem sabendo o que é um celular, uma smart TV, um Facebook, e-mail, Google, ufa! Como evoluímos, mas será que estamos prontos para tudo isso?

Sinceramente, acho que estamos ainda presos em paradigmas, vejo grandes empresas cometendo erros simples por estarem ligados a padrões ultrapassados. Não me digam que nunca escutaram “minha empresa está bem assim, afinal faço isso há trinta anos e nunca precisei de internet”. Quem nunca escutou tal afirmação? Pelas minhas andanças, e principalmente trabalhando no digital desde 2010, percebo que muito se evoluiu no que diz respeito à tecnologia, mas pouco evoluiu no que se refere ao comportamento humano! Não estamos abertos ao novo, não estamos abertos a aprender coisas diferentes, não estamos dispostos a nos atualizar, fazemos sempre desta forma, já que deu certo, vou seguir esta receita de bolo! O fato é, não existe receita pronta, existe esforço e, cada vez mais, entendo que temos que SER e não TER, a geração do TER passou, agora estamos na geração do SER, sermos atentos às novidades, sermos abertos à modernidade, sermos mais curiosos, sermos mais envolvidos! Sinto que perdemos isso com o passar do tempo. E no mundo atual, quem conseguir SER será o que mais terá, pois não existe atalho, existe trabalho, esforço, determinação. A tecnologia só chegou onde chegou porque sempre existiu alguém mais inquieto que o outro, alguém que não se acomodou, que correu atrás dos ideais, que não se lamentou, mas sim aprendeu com os erros e venceu!

E você, amigo dono de escola, onde está?

No SER ou no TER?

1 comentário

Comente

Conecte-se à

Ouro Moderno

Matriz – Montenegro/RS

Horário de funcionamento : 08:00 – 18:00
Endereço : Rua João Pessoa, 1918 – Salas 17,18 e 19 Centro
Fone : (51) 3057 2333
Financeiro : financeiro@ouromoderno.com.br
Suporte : suporte@ouromoderno.com.br
Comercial : comercial@ouromoderno.com.br